Escola de Fé e Política Pe. Sabino Gentille

É uma iniciativa da Arquidiocese de Natal, como um serviço à formação política dos cristãos leigos e leigas, à luz da Ética e da Doutrina Social da Igreja. Composta no Projeto Pastoral de Evangelização da Arquidiocese, ela está sob a responsabilidade direta do próprio Arcebispo, através do Setor Social/ REDE SAR/ Vicariato Episcopal para as Instituições e Pastorais Sociais. Em todas as questões sociais a contribuição da Igreja é fundamental. Ela vem se organizando, renovando a comunidade, contribuindo com a formação de agentes pastorais e lideranças, participando da construção de uma sociedade justa e solidária. No momento atual de descrença na política, os cristãos leigos são desafiados a exercitar sua missão profética neste universo complexo marcado  pela desigualdade social e exclusão. São chamados a resgatar a dimensão sublime e de reais valores da política, na definição da qualidade de vida sócio-cultural e econômica da humanidade.


A Escola homenageia o Pe. Sabino Gentille, sacerdote Italiano, da congregação salesiana, que veio em missão para o Brasil, que se incardinou na Arquidiocese de Natal, contribuiu para a formação de muitos leigos e leigas, trabalhou no social da Arquidiocese, especialmente na comunidade de Mãe Luiza (hoje paróquia de Nossa Senhora da Conceição). A homenagem a ele, que faleceu no ano de 2006, se deu pelo fato de ter sido um grande incentivador da formação política e social dos leigos e leigas. 

OBJETIVO GERAL
Contribuir com a formação, despertando no campo da Fé e da Política, agentes pastorais, lideranças municipais e comunitárias, para inserção na vida política, exercitando a cidadania a partir de uma reflexão Bíblico-teológica e Ética dos valores evangélicos à luz do Ensino da Igreja, despertando maior consciência crítica e transformadora, para construção de uma sociedade transcultural, promotora da cultura e de  paz. 
 
OBJETIVOS ESPECIFICOS
1.   Proporcionar a formação de agentes de pastoral e lideranças visando princípios evangélicos, éticos e cristãos com conhecimento técnico e político;
2.   Oferecer condições para um discernimento da missão do ser Igreja e a participação na vida política;
3.   Despertar e fortalecer o protagonismo dos participantes;
4.   Favorecer a inculturação da ação pastoral na vida social;
5.  Valorizar o papel profético da sociedade enfatizando as novas gerações, alimentando a mística cristã a luz do Ensino Social da Igreja.

Organização:

A formação acontece em 6 módulos, com uma temática multidisciplinar com temas, de introdução bíblica, organização do estado, das políticas públicas, organização social e doutrina social da Igreja.
Acontece em três etapas:
- 1ª) Diocesana – responsabilidade da diocese – Setor Social
- 2ª) Regional – responsabilidade do setor social da CNBB N2
- 3ª) Nacional – Curso de especialização do Centro de Formação Dom Helder Câmara - CEFEP (Brasília)

 

Responsáveis: 
Sob a responsabilidade direta do próprio Arcebispo, através do Setor Social/ REDE SAR/ Vicariato Episcopal para as Instituições e Pastorais Sociais

CONTATOS
Vicariato para as Instituições Sociais 
Edifício Nossa Senhora da Apresentação
Av. Floriano Peixoto, 381 - Tirol - 59020-500 – Natal - RN
Tel.: (84) 3615-2800 / 2801
E-mail: sar@sarrn.org.br