Escola Diaconal Santo Estevão

Foi criada no então governo arquidiocesano do arcebispo metropolitano Dom Heitor de Araújo Sales, em 7 de maio de 1995, para dar resposta a uma necessidade canônica de ter os três graus da ordem completos na Arquidiocese de Natal. Inicialmente dois senhores casados, que haviam feito sua preparação, um na Diocese de Caicó e outro ainda quando seminarista, no Seminário de São Pedro. Foram eles os Diáconos Francisco Teixeira e Francisco Adilson. 


Nessa época, já havia um grupo de homens desejosos a ingressar na ordem diaconal e que já faziam uma caminhada há um certo tempo. Assim, Dom Heitor criou e oficializou a escola diaconal, dando a ela o nome de Escola Diaconal Santo Estevão. 


Naquele momento, foi criado um grupo de estudos, formado por alguns pedagogos e homens que tinham experiências litúrgicas e pastorais, alguns deles por terem feito a experiência de seminaristas. Eles organizaram a grade curricular de estudos e formação aos que ingressariam na Escola Diaconal, partindo de experiências já existentes em nível de Brasil, como por exemplo a Escola Diaconal de Curitiba (PR). Também foi mantido contato com diretores de escolas diaconais em outros estados, e, assim, foi sendo construído um protótipo de uma grade curricular para a escola.


Direção


O primeiro diretor convidado para dirigir e conduzir o processo de formação aos aspirantes diaconado permanente foi o Pe. Francisco Lucas de Sousa Neto. No início, a Escola Diaconal funcionou no então Centro Pastoral Santo Estevão, localizado no bairro do Bom Pastor, zona oeste de Natal. Depois, passou a funcionar no Instituto de Teologia Pastoral de Natal (ITEPAN), no bairro da Ribeira. Após algum tempo, foi transferida para o Seminário de São Pedro, onde funciona até os tempos atuais. 


O segundo  diretor nomeado ainda por Dom Heitor foi o Pe. Alfredo de Oliveira Costa Filho, que teve a responsabilidade de, além de acompanhar e conduzir os alunos na escola diaconal, indicar para ordenação os primeiros dez candidatos ao diaconato permanentes. Essa primeira turma foi ordenada em 17 de dezembro de 1999. Sob a direção do Pe. Alfredo, houve outras ordenações. 


O terceiro diretor nomeado foi o Mons. Lucas Batista Neto, que  acompanhou e indicou diversos candidatos ao diaconato, concluindo seu tempo no ano de 2013 .


Desde 2015, a Escola é dirigida pelo Diácono Edmar de Araújo Conrado, tendo como equipe auxiliar os Diáconos: Eduardo Braúlio Wanderley Netto, como coordenador pedagógico e de estudos; Jessé Alcântara Barbalho Lucas, como coordenador de acompanhamento e tutoria dos candidatos, e Paulo Tomás Filho, como coordenador de acompanhamento vocacional.


Contatos:
Fone: (84) 3615-2800
E-mail: escoladiaconal@arquidiocesedenatal.org.br / e.diaconalsantoestevaonatal@gmail.com