Assembleia Pastoral discute fragilidades e planeja ações missionárias


A Coordenação Arquidiocesana de Pastoral realiza nesta quinta-feira, 10 de novembro, das 8h às 17h, a 62ª Assembleia Pastoral Arquidiocesana, com o tema “Igreja missionária é Igreja sinodal”. O evento acontece no Centro Pastoral Arquidiocesano Dom Jaime Vieira Rocha, inaugurado por ocasião da Assembleia Pastoral.


Os objetivos dessa Assembleia são refletir sobre as fragilidades socioeclesiais na caminhada pastoral de 2022, à luz da síntese apresentada na Assembleia do Regional Nordeste 2 e elaborar/apresentar três propostas de ação missionária para a família e três para a juventude, em 2023, a partir das propostas apresentadas pelos vicariatos territoriais.


A Assembleia Arquidiocesana foi precedida por assembleias nas paróquias, zonais, vicariatos, setores e comissões, que já apresentaram propostas de ações tendo em vista as prioridades da família e da juventude.


A programação da Assembleia contempla uma reflexão sobre o tema “Habitar as fragilidades: um olhar a partir da Assembleia do Regional Nordeste 2”, conduzida pelo padre Janilson Rolim, da Diocese de Cajazeiras-PB; a apresentação da síntese das propostas feitas pelos vicariatos Norte, Sul e Urbano em relação às fragilidades pastorais; grupos de trabalho que vão construir as propostas de ação missionária; e a plenária final que conhecerá e votará as propostas apresentadas pelos grupos de trabalho.


(Texto: Cezar Barros / Fotos: Cacilda Medeiros)