top of page

Nota de pesar pelo falecimento do Mons. Jonas Abib

“Fiz-me tudo para todos!” (1Cor 9,22)


A Arquidiocese de Natal acolhe, com sentimentos de pesar e, sobretudo, de viva esperança na Misericórdia Divina, a notícia do falecimento do Mons. Jonas Abib, 85 anos, ocorrido na noite desta segunda-feira, 12 de dezembro de 2022, festa de Nossa Senhora de Guadalupe, Padroeira Principal da América Latina.


Mons. Jonas, pai e fundador da Comunidade Canção Nova, ordenado sacerdote salesiano em 1964, buscou, ao longo de toda a sua vida ministerial, cumprir o que preconiza o seu lema sacerdotal: “Feito tudo para todos”. Pregador, músico, escritor, Mons. Jonas foi um dos religiosos que mais se destacou na ação evangelizadora da Igreja na América Latina, servindo-se especialmente dos meios de comunicação social e da realização de grandes eventos de evangelização para alcançar o maior número de pessoas, com o objetivo de conduzi-las a um encontro pessoal com Cristo.


A Arquidiocese de Natal recorda, com gratidão, o momento da chegada do carisma “Canção Nova” em seu território, dado pelo estabelecimento de uma missão em Natal, no ano 2000, cuja finalidade específica esteve voltada para a administração da Emissora de Educação Rural e todas as demais ações evangelizadoras decorrentes do carisma da Comunidade. Mesmo após a saída dos membros do Núcleo da Comunidade de Natal, em 2016, esta presença se mantém fecunda e feliz, até os nossos dias, graças à dedicação dos membros do 2º Elo e profundo senso de comunhão eclesial que nos une.


Neste momento do encerramento da caminhada do Mons. Jonas entre nós e de sua partida para o encontro definitivo com o Senhor, a quem tanto buscou ao longo de sua vida, desejamos a todos os seus filhos e filhas espirituais, de modo particular os membros da imensa Família Canção Nova, toda paz e consolação que vem do Alto. “Se o grão de trigo que cai na terra não morre, fica só. Mas, se morre, produz muito fruto.” (Jo 12, 24) A semente foi lançada e, agora, mais do que nunca, é momento de viver a missão, imbuídos do carisma do qual Mons. Jonas se fez portador e buscarem também se fazerem “tudo para todos”.


Em espírito de comunhão, renovada pela confiança na Ressurreição e com sentimentos de gratidão por tudo que do Mons. Jonas recebeu, a Arquidiocese de Natal roga ao Deus de Misericórdia e Pai de toda consolação que acolha este seu filho e fiel servidor na Pátria Celeste.



Dom Jaime Vieira Rocha

Arcebispo Metropolitano de Natal


Foto: Larissa Ramos

Bình luận


bottom of page