Natal recebe visita da Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre



Membros da Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que sofre (ACN / Brasil) estarão em Natal, nos próximos dias. O objetivo é apresentar a história e missão da ACN, que tem origem na Alemanha, além de buscar novos voluntários e benfeitores para a obra.

Na próxima sexta-feira, 27, às 16h30, o Frei Rogério Lima, assistente eclesiástico da Fundação, no Brasil, vai participar da missa, na Catedral Metropolitana. A celebração será na intenção de todos os cristãos perseguidos.

No sábado, das 9h às 16h, no salão de reuniões do Centro Pastoral Pio X (subsolo da Catedral), os membros da ACN terão um encontro com representantes de paróquias, das pastorais sociais e de escolas católicas. Para participar do encontro, é necessário fazer a inscrição através do link: https://campanha.acn.org.br/encontro-acn-natal . Ainda, no sábado, à noite, e no domingo, Frei Rogério Lima e mais colaboradoras da Fundação, farão visitas a algumas paróquias da Arquidiocese. A programação será encerrada na segunda-feira, às 17h, quando se encontrarão com os seminaristas, no Seminário de São Pedro.

O que é ACN

A Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre nasceu em 1947, na Alemanha, num contexto de sofrimento e necessidade extrema aprofundados pela II Guerra Mundial. No decorrer desses anos, milhões de pessoas foram beneficiadas, por meio de aproximadamente cinco mil projetos apoiados pela ACN, em cerca de 130 países, incluindo o Brasil. A missão da ACN é “construir uma ponte de amor que permita à Igreja perseguida e sofredora testemunhar a sua fé e inspirar aqueles que ajudam”.

Para conhecer mais sobre a história e as ações da Fundação é só acessar o site https://www.acn.org.br/