Dom Eugênio de Araújo Sales


Dom Eugênio de Araújo Sales

1º Bispo Auxiliar e Administrador Apostólico “Sede Plena

(Acari-RN, 8 de novembro de 1920 — Rio de Janeiro-RJ, 9 de julho de 2012)


Filho de Celso Dantas Sales e Josefa de Araújo Sales, nasceu no município de Acari, no Seridó potiguar, no dia 28 de novembro de 1920. De família muito católica, era bisneto de Cândida Mercês da Conceição, uma das fundadoras do Apostolado da Oração na cidade de Acari. Foi ordenado sacerdote pelas mãos de Dom Marcolino Dantas, no dia 21 de novembro de 1943, na matriz de Nossa Senhora da Apresentação.

No dia 01 de junho de 1954, aos 33 anos, foi nomeado bispo auxiliar de Natal, pelo Papa Pio XII, recebendo a sé titular de Thibica. No dia 15 de agosto do mesmo ano foi ordenado bispo, por de Dom José de Medeiros Delgado, Dom Eliseu Simões Mendes e de Dom José Adelino Dantas.

Em 1962 foi designado administrador apostólico da Arquidiocese de Natal, função que exerceu até 1965, quando da nomeação de Dom Nivaldo Monte. Em 1964, foi transferido para a Arquidiocese de São Salvador da Bahia,

Como padre e, depois como bispo, promoveu um intenso trabalho sócio-pastoral, que se denominou “Movimento de Natal”. Tratava-se de um conjunto de serviço e atividades nas cidades e no campo, que abrangia: sindicatos rurais, colônias agrícolas, escolas radiofônicas, semanas rurais, treinamento para padres, religiosas e leigos, e organizou várias comunidades, centros sociais e outros. Fundou o Serviço de Assistência Rural - SAR, (1949) e a Emissora de Educação Rural (1958); construiu o Centro de Treinamento de Ponta Negra e iniciou a Construção da Nova Catedral. Algumas Iniciativas suas, como a Campanha da Fraternidade e os Secretariados Regionais da CNBB que se estenderam por todo Brasil.